DRENAGEM LINFATICA MANUAL PDF

Abstract: The human body is composed of systems that act together to ensure its correct functioning. For the better functioning of this system and optimization of its activities it is possible to use manual techniques such as manual lymphatic drainage. It is a very popular technique that uses massage performed by gentle, slow, monotonous and rhythmic maneuvers, done with the hands and that obey the path of the superficial lymphatic system. Based on this assumption, this study aims to discuss the history, methods and efficacy of lymphatic drainage, which mainly seeks to reduce edema and lymphedema.

Author:Mijin Mushura
Country:Republic of Macedonia
Language:English (Spanish)
Genre:Politics
Published (Last):6 December 2005
Pages:309
PDF File Size:10.87 Mb
ePub File Size:20.25 Mb
ISBN:368-6-93735-244-2
Downloads:77178
Price:Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader:Gardami



J no ano a. Posteriormente Vesalius no sculo XVI iniciou estes estudos. Pecquet, em , comprovou que o no drenado para o fgado.

Ele estudou e observou o ducto linftico e viu que era drenado para um local determinado. Este local recebeu o nome de Cisterna de Pecquet ou de Chyli. Gassend, em , descreveu veias leitosas que observou em cadveres. No entanto, o anatomista dinamarqus Thomas Bartholin o merecedor dos maiores crditos dos estudos sobre as funes da linfa, que dedicou sua tese ao Rei Frederico III da Dinamarca, fazendo uma comparao em seu trabalho da circulao linftica em relao ao frtil vale do rio Nilo.

Juntamente com Rudbeeck, estabeleceram uma idia precisa de sistema diferente do sanguneo. Estudos feitos entre e , denominados Sistema Linftico por Bartholin, foram base para o atual desenvolvimento e descoberta da linfografia, que foi inicialmente praticada em animais por Funaok e vrios estudiosos em , utilizando compostos hidrocarbonados de iodo. Mais tarde, esses mtodos foram aperfeioados.

A drenagem linftica manual comeou a ser conhecida em , quando o Winiwater a descreveu, tomando como base o conhecimento da sua poca. Drenagem linftica, sendo descrita como: Massagem manual feita com propsito de favorecer o escoamento de lquidos excedentes nos espaos extra e intracelular intersticial por excesso de entrada ou por dificuldade de escoamento atravs de manobras que estimulem a circulao, da aos vasos linfticos, vasos venosos, corao e rins.

Mas o mtodo realmente comeou a ser desenvolvido e difundido na Alemanha pelo casal dinamarqus Estrid e Emil Vodder, desde Vodder, formado em fisioterapia pela Universidade de Bruxelas, comeou nos pacientes que se internavam para recuperar-se de infeces, resfriados crnicos e sinusites, devido ao clima de seu pas. O casal observou que a maioria dos pacientes apresentava os gnglios linfticos do pescoo inchados.

Naquela poca, o sistema linftico era algo proibido e desconhecido, mas assim mesmo eles resolveram estudar profundamente a drenagem linftica dos clientes, e s em divulgaram esse trabalho, de maneira bem intuitiva. O mdico Dr. Johannes Asdonk, em , analisou a drenagem linftica sob o ponto de vista mdico com grande entusiasmo. Dele vem o maior mrito, pois ele no somente comprovou estatisticamente os resultados da drenagem linftica, mas tambm explicou cientificamente o porqu dos resultados.

Ele conseguiu unir a prtica de Dr. Vodder e seus discpulos com a cincia dos pesquisadores. Vodder era uma pessoa de muita inteligncia, calmo e bondoso, mas no era um guerreiro. Foi por uma feliz coincidncia que Dr. Asdonk se interessou e levantou a bandeira da drenagem linftica manual. Foi a juno destes dois homens extraordinrios, cada um do seu jeito, que a tcnica de Vodder deslanchou.

O casal Vodder fundou um instituto na Frana e depois em Kopenhagem, onde estudaram e ensinaram o mtodo que foi desenvolvido por eles.

No campo mdico, foram realizadas muitas observaes que resultaram positivamente nas diversas formas de utilizao e que somente poder trazer benefcios quando empregado de forma adequada. Em foi fundada a Gesellschaft fr manuelle Lymphdrainage nach Dr. Vodder Sociedade para drenagem linftica manual pelo mtodo Vodder , que passou a chamar-se Deutsche Gesellschaft fr Lymphologie Sociedade Alem de Linfologia a partir de Vodder abriu pessoalmente os trabalhos do Congresso com uma retrospectiva sobre o desenvolvimento do seu mtodo.

Chamava sua descoberta da drenagem linftica de visionria, pois o que ele fez contrariava completamente todos os ensinamentos da poca relativos aos gnglios linfticos. Outros mdicos foram se interessando pelo mtodo. O Prof. Foldi que estudou as vias linfticas da cabea e da nuca e suas interligaes com o crebro-espinhal. Mislin examinou os mecanismos da motricidade dos capilares e dos vasos linfticos. Cientistas renomados como Prof. Kuhnke, Dr. Gregl, Dr. Schoberth, Dr. Collard, Dr.

Clodius, Dr. Schneider e muitos outros se uniram para defender os mritos da drenagem linftica atravs de trabalhos cientficos. Este mutiro cientfico conseguiu transformar a drenagem linftica de Dr. Emil Vodder de uma manipulao alternativa em um mtodo comprovado pela cincia e reconhecido pela medicina. A oficializao pela comunidade cientfica e reconhecimento pela Medicina foi a Associao para Drenagem Linftica Manual, fundada em Dez anos depois, em , esta passou a se chamar de Associao Alem para Linfologia.

O professor Collard de Bruxelas comprovou este mtodo com trabalhos cientficos e com filmes coloridos, mostrou a ao acelerada da drenagem linftica manual, aps a aplicao de contraste no tecido intersticial.

Waldtraud Ritter Winter, esteticista, profisso at ento pouco conhecida no Brasil, foi a precursora da Drenagem Linftica Manual no Brasil. Logo que voltou ao Brasil, a Sr.

Waldtraud comeou a colocar em prtica seus novos conhecimentos numa sala de um prdio comercial no centro de Belo Horizonte, onde tratava suas clientes de esttica, quando incluiu a drenagem em seus tratamentos.

Ela comeou a notar que suas clientes relaxavam com mais facilidade, conseguindo tambm resultados bem significativos no tratamento de acne e revitalizao. Em , veio ao Brasil o Prof. Leduc, da Universidade de Bruxelas, aluno do Dr. Vodder e colaborador do Prof. Collard de Bruxelas, que conseguiu demonstrar atravs de um filme, a ao aceleradora da Drenagem Linftica manual mediante a radioscopia, aps a aplicao de contraste numa perna humana destinada a amputao.

Leduc criou sua prpria tcnica. Interesses relacionados.

DESCARGAR GRATIS LIBRO PRINCIPIOS DE ELECTRONICA MALVINO PDF

Dez mitos e verdades sobre a drenagem linfática

.

LIBRO EL GORILA RAZAN PDF

Benefícios da Drenagem Linfática

.

SIX WEEKS TO WORDS OF POWER BY WILFRED FUNK PDF

Drenagem Linfática Manual

.

Related Articles